Buscar

Prefeitura de Arinos prevê investimento de 2 bilhões em projeto de energia fotovoltaica


Foto: Arinos


A governança tem ajudado no ambiente de negócios dos municípios mineiros. Com intuito de construir complexos de energia fotovoltaicas, algumas multinacionais pretendem levar investimentos para região. Uma das cidades é Arinos, que participou no ano passado do Programa de Mentoria para Prefeituras da Rede Governança Brasil (RGB). Um protocolo de intenções prevê um investimento de R$ 2 bilhões para a localidade.


O prefeito de Arinos, Marcílio Almeida, disse que o processo de governança priorizou os investimentos na cidade mineira. “Foi um recurso de uma multinacional, na qual ela tinha que definir as prioridades do ano de 2022. E devido ao fato da cidade estar participando da governança e implantando no município, o fator ajudou Arinos em detrimento de outros municípios do Brasil”, explicou.


Almeida comentou ainda que o Programa de Mentoria ajudou no direcionamento das ações de governança. “Temos nosso ministro Nardes, como o embaixador da governança, por tudo que ele nos orientou, inclusive in loco, estando presente na prefeitura, dando palestras para o nosso secretariado. A equipe da Mentoria conseguiu abrir os olhos do nosso grupo de funcionários, da importância do processo para termos o domínio do governo, ainda na tomada de decisão, na avaliação dos pontos críticos, no planejamento da gestão e todas suas áreas e implantação de ações tecnológicas”, discorreu o prefeito. Ele acrescentou que a Lei de Governança está em discussão na Câmara Municipal.


Já o ministro Augusto Nardes, mentor Master, ressaltou que a previsão do investimento de R$ 2 bilhões na região mostra o quanto é importante a construção de um ambiente de confiança e credibilidade no setor público. “Fico muito feliz quando eu vejo uma cidade como Arinos, que participou da Mentoria, desenvolvendo habilidades e competências, apresentando resultados”, explicou Nardes.


Importância do Programa de Mentoria


Para a coordenadora do Grupo Mentoria e do Comitê de Capacitação da RGB, Cristiane Nardes, esse investimento mostra o quanto o projeto da Rede vem apresentando resultados tangíveis para a sociedade como um todo e especificamente aos municípios. “Esse investimento internacional vai se desdobrar para políticas públicas, através da execução orçamentária que será alocado na cidade. Conseguimos ver esses resultados positivos por meio desse trabalho voluntário que estamos desenvolvendo na Rede Governança Brasil”, comemorou.


Viviane Obadowiski, umas das mentora do programa de Mentoria da Rede, disse que o objetivo de ter a governança como um diferencial competitivo contribuiu para esse resultado.


“Entendo que investimentos em aprimoramento de governança nas organizações resultam em melhores desempenhos financeiros, no aumento de engajamento e motivação dos colaboradores, e, portanto, na prosperidade sustentável. Nos municípios aplica-se o mesmo raciocínio. É um caminho sem volta e um ciclo virtuoso”, complementou uma das mentoras do programa, Luana Lourenço.


Mentoria


A mentoria é um processo de aceleração de carreira conduzido por um profissional mais experiente na área de atuação. Essa técnica de aprendizado está em ascensão no setor privado e vem também trazendo bons resultados no setor público, promovendo o desenvolvimento de habilidades técnicas e comportamentais.


O Grupo é formado por profissionais voluntários da RGB e do Instituto Latino-Americano de Governança e Compliance (IGCP), tem a missão de capacitar os gestores públicos em questões relativas à governança.


Para saber mais:


https://www.rgb.org.br/post/membros-da-rgb-destacam-programa-de-mentoria-para-prefeitos-no-37%C2%BA-congresso-mineiro-de-munic%C3%ADpios


https://www.rgb.org.br/post/case-de-maragogi-%C3%A9-destaque-no-segundo-encontro-da-5-turma-de-mentoria




Assessoria de imprensa da RGB