Buscar

RGB participa de encontro do MILA


Foto: Encontro Mila


Na última sexta-feira (13.05), a Rede Governança Brasil (RGB), com apoio Instituto Latino-Americano de Governança e Compliance Público (IGCP), participou do evento "Os avanços no combate à corrupção na América Latina", promovido pelo Movimiento por la Integridad en Latinoamerica (MILA). O encontro contou com a presença do embaixador da RGB e ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, e da diretora institucional da Rede, Elise Brites.


O ministro do TCU agradeceu a participação no evento e apresentou a palestra que teve como foco os avanços do combate à corrupção na América Latina. Nardes destacou a criação dos indicadores de governança pelo TCU, Decreto n. 9.203/2017, trabalho da Rede Governança Brasil e Mila.


Durante a exposição Nardes comentou sobre os instrumentos que fazem parte da governança. “Falar de integridade, compliance, avaliação de risco e estratégias...se não tem uma boa governança, integridade não tem vida por muito tempo. É necessário ter uma boa governança”, observou.


“Integridade e ética devem ser olhadas por várias nações. Nós devemos cuidar e estabelecer princípios gerais para implementar uma cultura de integridade e tolerância zero a respeito a atos contrários pela ética, corrupção e fraude”, analisou a Elise Brites.

Conforme o ministro do TCU, é preciso que haja uma cooperação dos países da América Latina. “Estamos com um grande projeto no Brasil para melhorar a boa governança, pois é muito importante para ajudar a sociedade a ter uma visão do futuro de um país. O Brasil é um país muito grande precisa ter boas relações com irmãos vizinhos que fazemos fronteiras”.


Segundo a presidente do Mila, Karine Eslar, o movimento surgiu com o desejo de integrar a América Latina em prol da integridade e do compliance. Além da palestra, o evento contou também com a nomeação dos membros honorários do Mila.


O embaixador da RGB e diretora institucional foram agraciados com a condecoração pelo Movimiento por la Integridad en Latinoamerica. “Esses membros honoráveis são pessoas que desde do princípio da organização vêm colaborando para com o êxito da associação, eventos… Pessoas que têm uma expressão muito grande em seus países, que difundem o compliance e integridade, por isso foram escolhidos”, comentou.




Assessoria de imprensa da RGB