Buscar

Rede colaborativa na Argentina é marco na expansão da governança na América Latina

Atualizado: Ago 19


Foto 1: Anibal Kohlhber, coordenador da RGA.


O lançamento oficial da Rede Governança Argentina (RGA), como apoio e inspiração no modelo da Rede Governança Brasil (RGB), é um marco na expansão da boa governança na América Latina. A primeira atividade pública entre as instituições foi realizada na tarde desta segunda-feira (16.08.21), por meio do Webinar “Governança: falemos a mesma língua”, no qual um time de especialistas apresentou diversas abordagens sobre o assunto em português e espanhol, com tradução simultânea no canal do YouTube da RGB, conteúdo que permanece disponível para aqueles que não puderam acompanhar o evento ao vivo.

“Sinto uma grande emoção de fazer parte dessa primeira apresentação pública sobre a Rede Governança Argentina. Esta Rede é formada por profissionais, professores e intelectuais de diversas áreas, inclusive, de diversos locais do nosso belo país. Por que estamos fazendo isso? Como qualquer outro cidadão, sonhamos com um país melhor”, disse o contador público e mestre em Auditoria Governamental, Anibal Kohlhber, coordenador da RGA.


Foto 2: Presidente do Conselho de Administração, Luiz Antonio Valle, Presidente da Diretoria Executiva, Petrus Elesbão, e o embaixador da RGB, ministro Augusto Nardes.


Na oportunidade, acompanhado do presidente do Conselho de Administração, Luiz Antonio Valle, e do presidente da Diretoria Executiva da Rede brasileira, Petrus Elesbão, o embaixador da RGB, ministro Augusto Nardes, explicou sobre a história da rede colaborativa brasileira: “Ficamos muitos felizes pelo convite do Anibal e todas as lideranças argentinas. Sou fronteiriço e próximo das missões argentinas e brasileiras. Portanto, temos uma cultura forte e múltipla. Começamos esse trabalho na RGB, que possui mais de dois anos de existência e implantamos a tese da boa prática de governança no Tribunal de Contas da União entre 2012 e 2014. E agora estamos fazendo esse intercâmbio, essa integração, com os amigos argentinos. Sei que, com a liderança de vocês, faremos a governança crescer na Argentina, na Colômbia, no Chile e em todos os países da América Latina”, afirmou. Além disso, Nardes comentou que era “um prazer compartilhar esse encontro com Jesús Rodríguez, presidente da Entidade de Fiscalização Superior da Argentina, que é um grande inspirador das questões de governança pública, tão necessárias para o Brasil, para Argentina e para o conjunto do continente.”


Por sua vez, o presidente da Auditoria Geral da Nação Argentina e da Comissão de Boa Governança da OLACEFS, Jesús Rodríguez, ressaltou que “a crise humanitária, em uma escala global, tem se intensificado bastante e, durante a pandemia, é notório que temos condições de melhorar a governança nos nossos países. As consequências que tivemos na nossa região foram realmente infortunas. Esse foi o impacto que a pandemia teve sobre a governança global em instituições multilaterais, mas está claro também que a pandemia trouxe a inclusão do poder global nos diferentes atores da política mundial”.

Para o coordenador do Comitê de Governança na Agricultura Pecuária e Abastecimento da RGB, Daniel Catelli, “é importantíssima essa oportunidade de sensibilizar as pessoas sobre a importância da governança pública, que é o conjunto de mecanismos que podem servir para o aprimoramento da ação governamental, sempre com foco no cidadão.”

De outra parte, o diretor de Relações Internacionais da RGB e Alagov, Macleuler Lima,

destacou que “a governança é uma linguagem universal que atinge positivamente a todos, independentemente de diferenças linguísticas, culturais, políticas e de gênero. Essa universalidade possui o potencial de unir argentinos, brasileiros e tantos outros irmãos latino-americanos na causa comum do bom governo, da eficiência, da inovação, do desenvolvimento sustentável e da diversidade”.



Da Assessoria de Imprensa RGB

Contato: (61) 99811-6788 / (65) 99619-6788

imprensa@rgb.org.br