Buscar

RGB lança Comitê de Governança no Esporte na terça-feira (10.05) em Brasília


Foto: Lançamento Comitê de Governança no Esporte


Na próxima terça-feira (10.05), às 19h, em Brasília, a Rede de Governança Brasil (RGB), com o apoio do Instituto Latino-Americano de Governança e Compliance Público (IGCP) e parceria da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional do Distrito Federal (OAB/DF), lançará o Comitê de Governança no Esporte.

O evento acontecerá na sede da Ordem e terá transmissão, ao vivo, pelo o canal do YouTube da OAB/DF.


O debate contará com a participação do embaixador da RGB e ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Ministro Augusto Nardes; do presidente da RGB, Flávio Feitosa; do diretor jurídico da RGB e coordenador do Comitê de Governança no Esporte, Leonardo Andreotti ; da presidente do Conselho de Ética da RGB, Roberta Codignoto; do presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) e membro do Comitê de Governança no Esporte da RGB, Tamoio Athayde Marcondes; do presidente da Comissão de Compliance da OAB/DF, Inácio Alencastro; do presidente da Comissão de Direito Desportivo da OAB/DF, Luciano Andrade Pinheiro; do docente nas disciplinas de Compliance, Integridade e Gestão de Risco na ESA/DF, Antonio Alfredo Ventura.


O objetivo do Comitê é reunir especialistas no setor, avaliar o cenário atual da Governança Esportiva e promover estudos e discussões que resultem na melhoria do esporte e da organização desportiva brasileira, balizadas pelas boas práticas nacionais e internacionais estudadas pelo órgão temático na RGB.


O coordenador do Comitê da RGB, Leonardo Andreotti, destacou a importância da nova comissão que ajudará no desenvolvimento de ações voltadas para o setor esportivo. “O Comitê de Governança no Esporte da RGB tem sua importância evidenciada pela própria relevância e função social do esporte na sociedade, sobre tudo como instrumento de transformação social e ferramenta efetiva a ser utilizada no desenvolvimento da personalidade humana, elementos que trazem consigo, de forma natural, uma aderência aos propósitos associativos da RGB”, explicou o Andreotti.


E acrescentou: “É importante esclarecer que a melhoria na governança no esporte nacional, a considerar a função social que exercem as entidades esportivas e os principais atores esportivos, impactará diretamente a sociedade brasileira, o que se alinha aos objetivos do Comitê de Governança no Esporte, que já conta com grande entusiastas do direito, do esporte, e da governança pública e privada no país”, finalizou.




Assessoria de comunicação da RGB