Buscar

RGB e RGA debatem Governança e Compliance em evento internacional


Foto: RGB e RGA


Na tarde da última segunda-feira (29.08), a Rede Governança Brasil (RGB) juntamente com a Red de Gobernanza para Argentina (RGA) promoveram um debate sobre Governança e Compliance para empresas públicas e entidades desportivas. O evento internacional, que foi organizado pela Diretoria Institucional da RGB, contou com a participação dos membros das duas entidades.


O encontro virtual foi transmitido, ao vivo, pelo canal do YouTube da RGB.


O presidente do Conselho de Administração da entidade, prof. Luiz Antônio Valle, cumprimentou os convidados e ressaltou o papel da governança e compliance nas organizações públicas. “Nós vemos o esporte como indutor de comportamento, capaz, por exemplo, de retirar os jovens das drogas e dar a eles uma perspectiva de vida saudável. Porém, a área é também um fator de risco quando não é devidamente coordenada. Assim a implantação da governança e compliance em organizações ligadas ao esporte é muito importante para que possam alcançar a eficiência e eficácia nas duas vertentes, da segurança e social”, explicou Valle.


“O tema de hoje é de extrema importância haja vista que os interesses do esporte, tanto da Argentina como do Brasil, são semelhantes. Porque ambos são celeiros de grandes craques não somente na área futebolística… e o desenvolvimento da transparência, governança e compliance, pegando o futebol como protótipo, só tem a crescer”, afirmou o presidente da RGB, Petrus Elesbão.


A membro do Conselho de Ética da RGB, Marcella Blok, também agradeceu os convidados do encontro e disse que os voluntários da RGB e RGA realizarão um trabalho efetivo. Durante a sua explanação, Blok traçou um paralelo das leis brasileiras e argentinas.


Já o diretor jurídico da RGB e coordenador do Comitê de Governança no Esporte, Leonardo Andreotti, observou que falar sobre governança, compliance, cumprimento e conformidade traz um questionamento legítimo, no caso, se há espaço para tratar desse tema no esporte. “A governança e compliance e seus conceitos não são só importantes, tendo espaço, como são necessários no mundo do esporte, sobretudo neste momento das ameaças aos repórteres, protagonistas e stakeholders…”, destacou.

A Diretora Institucional, Elise Brites, reforçou, após o evento, que o conceito de Governança veio para ser solidificado na Administração Pública e Privada. Ela frisou que o conjunto de processos e mecanismos permitem maior envolvimento de todos os atores. Assim, eventos internacionais como este são de extrema relevância para disseminar as Boas Práticas, o Planejamento, o Monitoramento, a Liderança entre nações.


Participaram também do debate os voluntários da RGA: Alejandro Fabián Díaz; Alberto Gowland; Ignacio Villarroel; María Eugenia Tieri e Maria del Carmen Sabugal.




Assessoria de imprensa RGB