top of page
Buscar

Prêmio RGB homenageia instituições e profissionais que adotam boas práticas de Governança


Foto: CFC


O Prêmio RGB 2023 - que já está na sua quarta edição – foi realizado na última sexta-feira (01/12), no estúdio da Confederação Nacional da Indústria (CNI), no Setor Bancário Norte, em Brasília. O evento contou com cerca de duzentos seletos convidados, incluindo autoridades de todo o país, políticos, servidores públicos, gestores (públicos e privados), técnicos, professores das mais diversas áreas e com a imprensa local. O intuito foi enaltecer práticas exemplares na Administração Pública e reconhecer aqueles que implementam os três pilares da Governança: liderança, estratégia e controle, em sua gestão.


Quem não teve oportunidade de estar na solenidade – realizada pela Rede Governança Brasil e pelo Instituto Latino Americano de Governança e Compliance Público, pode conferir tudo pelo Youtube, a qualquer momento. São quase 3 horas de evento, incluindo a premiação e o coquetel, que ocorreu no final.


Além de homenagear órgãos públicos, autarquias, fundações públicas, estatais e pessoas da sociedade de economia mista que trabalham em prol da Governança, o prêmio também teve momentos para valorizar o trabalho voluntário de membros da RGB. Atualmente, a rede conta com mais de 600 deles (oriundos do Brasil e de outros países, como Portugal, Peru, Argentina, Suécia, Inglaterra, Suíça, Japão e Chile). Eles têm habilidades multi e interdisciplinares, e pertencem a todas as esferas, públicas e privadas, incluindo: Federal, Estadual, Distrital e Municipal, e vêm realizando um trabalho voluntário memorável para a população brasileira, tornando a Administração pública e privada mais íntegra, efetiva, eficaz e eficiente.


Neste ano, a premiação teve novidades, o que tornou o evento ainda mais grandioso. Então, além das três categorias principais categorias (Estatais, Sociedades de Economia Mista e Paraestatal; Administração Pública Federal, Direta e Autárquica; Legislativo Federal, Poder Judiciário e Funções Essenciais à Justiça da União), a solenidade contou com uma categoria inédita, que premiou municípios de pequeno, médio e grande porte, além de um prefeito líder, reconhecendo o esforço na busca por melhores práticas de Governança, por meio do Prêmio PRONAGOV.


Para quem não conhece, o PRONAGOV é um programa nacional de Governança, 100% gratuito, que já é sucesso absoluto! Ele oferece capacitação, orientação técnica e ferramentas para os municípios brasileiros terem uma gestão mais eficiente e transparente, o que acaba resultando em melhorias para a população. Os resultados são visíveis e muito significativos para o crescimento do país! Agora, aqueles que fizeram as mentorias, que se especializaram e colocaram em prática tudo o que foi aprendido, se destacaram e foram homenageados nesta premiação. Até o momento, mais de 300 milhões de pessoas já foram impactadas - direta e indiretamente - com o PRONAGOV; e mais de 300 municípios já foram atendidos pelo programa.


Bom, mas vamos aos detalhes desta bela premiação. Primeiro, é preciso ser dito que o evento não poderia ser realizado se não tivesse o apoio e patrocínio de tantas pessoas. A Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Instituto Protege, a WV Logistics e o Portal de Contratações Públicas patrocinaram o prêmio. E o Conselho Federal de Administração (CFA), o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), o Movimento Brasil Competitivo (MBC), a Escola Brasileira de Direito (EBRADI), a FIX Governança & Gestão, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a BandNews e a Plano Consultoria deram apoio, de alguma forma.


O evento começou às 18 horas. Aos poucos, os convidados foram chegando. Na entrada do estúdio da CNI tinha um tapete vermelho para recepcioná-los. Assim que a pessoa entrava no local, ao olhar a esquerda, se deparava com um ambiente cheio de luzes, balões dourados e um fundo infinito perfeito para tirar fotos, bem brilhante. Após descer as escadas, tinha uma mesa com salgados e doces; e logo em seguida, as cadeiras. O palco, azul, tinha dois púlpitos e um painel côncavo, onde os vídeos foram apresentados.


O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e a Controladoria Geral da União (CGU) foram os vencedores da categoria “Instituição da Administração Pública federal, direta e autárquica”. O Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO) e a Empresa Gerencial de Projetos Navais (ENGEPRON) ganharam troféus na categoria “Estatais, Sociedades e Economia Mista e Paraestatal. A terceira categoria premiada foi a de “Instituições do Legislativo Federal, Poder Judiciário e funções essenciais à Justiça da União”, e quem ganhou foi o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).


Na categoria de municípios com até 20 mil habitantes, os vencedores foram: Solonópole (CE) e Porto Xavier (RS). Já na categoria de cidades com até 50 mil habitantes, quem ganhou os troféus foram: Diamantina (MG) e Três de Maio (RS). Na sequência, vieram os vencedores de municípios com até 100 mil habitantes: Três Pontas (MG) e de Primavera do Leste (MT). E, por fim, Salvador (BA) e São José do Rio Preto (SP) foram os grandes ganhadores da categoria de municípios com mais de 100 mil habitantes. Depois disso, veio o anúncio do nome do prefeito destaque deste ano; e quem ganhou foi o João Henrique Caldas, de Maceió, Alagoas (representado pelo assessor de Governança da Prefeitura de Maceió, Antônio Pinaud).


Na ocasião, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e embaixador da Rede Governança Brasil, Augusto Nardes, ressaltou a dificuldade para colocar em prática ações de governança municipal em todas as esferas do país - tanto nas estruturas que tangem à União, como nas que formam os estados e municípios – mas, se mostrou otimista no que se refere a evolução das ferramentas de Governança, que tem sido muito importantes para a sociedade, de forma geral. Segundo ele, para entregar resultados, é necessário seguir os três princípios da governança: direcionar, avaliar e monitorar.


_ “É um caminho árduo, mas é necessário perseverar, persistir para vencer. Eu estou muito feliz de ver que a rede cumpre seu quarto ano já recuperando todas essas pessoas que não tinham muita noção do que é Governança e já tendo prefeitos com destaque em todo o Brasil. Então mostra que quando existe essa capacidade de focar em alguma coisa, com princípios e ferramentas adequadas como a integridade, a transparência, avaliação de riscos, que são ferramentas de Governança muito importantes para a gente aperfeiçoar a Administração Pública Brasileira, o cenário muda. E o Prêmio RGB é uma forma de reconhecer quem está fazendo a coisa certa”_, disse o ministro Augusto Nardes.


A premiação também contou com a entrega de medalhas “Ordem do Mérito RGB”; de um quadro com o “Selo de Excelência em Governança” para a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT); de menções honrosas internas e externas; teve homenagens a coordenadores da RGB que mais se destacaram ao longo de 2023; destaque para o melhor produto da RGB, que mais uma vez foi o Programa de mentorias. E, no término, os presentes participaram de um coquetel oferecido pela chef Renata La Porta ao som da banda Rádio Flix.


Assessoria de Imprensa RGB

コメント


bottom of page