Buscar

“Mulheres da Governança” abre edição 2022 nesta sexta-feira


Foto: Mulheres da Governança


O projeto Mulheres da Governança, uma iniciativa da Rede Governança Brasil (RGB) em parceria com o Instituto Latino-Americano de Governança e Compliance Público (IGCP), abrirá as atividades deste ano na próxima sexta-feira (25.03) com a convidada pastora Ezenete Rodrigues. O bate papo será transmitido ao vivo pelo canal do YouTube da RGB.


Neste ano, a condução da primeira entrevista está sob a responsabilidade da voluntária Érika Lacet, coordenadora do Comitê Mulheres da Governança e procuradora do Estado de Pernambuco. “Satisfação por poder colaborar com uma causa tão cara a todos cidadãos brasileiros, que é fomentar a governança pública e o desafio de coordenar um comitê com tantas personalidades de destaque e suceder a Cris Nardes nesta missão”, disse.


“É um novo projeto na minha vida profissional e creio que o voluntariado nos engrandece. Sempre fui da concepção de que não deveríamos apenas esperar e criticar o poder público. Como servidora pública e cidadã podemos apoiar várias inciativas que resultarão em melhorias no serviço público. E o Comitê Mulheres da Governança tem muito a oferecer nesse universo, por ser um Comitê transversal que, além de inciativas próprias, poderá apoiar os demais comitês da RGB integrando as mulheres na Governança Pública e Privada”, ressaltou.


O programa trará convidadas que debaterão temáticas voltadas para governança. Além disso, a edição 2022 contará também com algumas novidades. De acordo com a coordenadora, o projeto passará a se chamar “Mulheres da Governança Convidam”. Lancet explicou esse novo nome: “É para dar oportunidades a todas as integrantes do Comitê de entrevistar uma personalidade de destaque na área da Governança, seja pública ou corporativa”.


E acrescentou sobre outras mudanças. “A segunda ação é a pesquisa do perfil das Mulheres da RGB, para daí propormos novas ações, sejam realizadas pelo próprio comitê ou em parcerias com os demais comitês da Rede. E a terceira ação é definirmos critérios objetivos para premiarmos as mulheres de destaque na área da governança”, finalizou.


Para saber mais, acesse:

https://www.rgb.org.br/post/cristiane-nardes-analisa-os-desafios-da-lideran%C3%A7a-em-edi%C3%A7%C3%A3o-especial-da-s%C3%A9rie-mulheres-da-governan%C3%A7a


https://www.rgb.org.br/post/a-governan%C3%A7a-permite-salvar-vidas-diz-nise-yamaguchi


https://www.rgb.org.br/post/mulheres-da-governan%C3%A7a-recebe-roberta-codignoto

https://www.rgb.org.br/post/mulheres-pela-governan%C3%A7a-debatem-direito-cidadania-e-inclus%C3%A3o-digital




Assessoria de imprensa da RGB