Buscar

Especialistas e gestores públicos aliam teoria e prática em evento no Ceará


Foto: Ministro Augusto Nardes no Seminário de Governança Municipal do Ceará


Fortaleza (CE) sediou nesta quinta-feira (07.10) o primeiro dia do Seminário de Governança Municipal para Prefeitos e Gestores Públicos - Edição Ceará. A programação, que continua nesta sexta-feira (08.10), contou com a participação de prefeitos, servidores públicos, especialistas, painéis com experiências e casos de sucessos voltados para o desenvolvimento da governança. Um dos destaques do encontro foi o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e embaixador da Rede Governança Brasil (RGB), Augusto Nardes.


O evento é resultado de uma parceria entre a Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), Núcleo de Responsabilidade Social (NRS), Assembleia Legislativa do Estado (Alece), Rede Governança Brasil (RGB), Instituto de Governança Pública e Compliance – IGCP, Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece) e o Instituto Plácido Castelo (IPC), do Tribunal de Contas do Estado. O conteúdo foi transmitido ao vivo, mas segue disponível para acesso por meio dos canais do YouTube da RGB e da TVAL-CE.


O ministro abriu o ciclo de palestras com o tema “Governança Pública Municipal - Transformando a Administração”. Durante a apresentação, Nardes mostrou os indicadores das 372 intuições que estão sendo acompanhas pelo TCU. Segundo ele, o órgão conseguiu desenvolver, nos últimos anos, uma ferramenta para ter com uma visão macro de tudo que acontece no país. “Esses índices vão ajudar e fazer com que a economia cresça, para que possamos gerar emprego dando dignidade ao cidadão. Pior que o desemprego é a guerra social”, afirmou.


Para o ministro, é necessária a capacidade de diálogo entre as instituições, seja no plano federal, estadual ou municipal. “Eu sei que tem os adversários que fazem parte da política, mas se você não tem capacidade de sentar e conversar com o adversário para buscar uma solução, que beneficie a sua comunidade, você não exerce a liderança como um todo”, afirmou. Ao final da palestra, Nardes também respondeu às perguntas do público.


Já o painel “Lideranças Femininas que trabalham com o Foco em Governança e Responsabilidade Social”, trouxe as experiências da integrante do Comitê de Governança em Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) da RGB, advogada e ativista dos direitos digitais e igualdade racial, Karolyne Utomi, a vice-presidente da Mallory Eletroportáteis, Annette de Castro, e Cristiane Sales Leitão, do Núcleo de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Ceará.


“Quando nos tornamos líderes ou estamos em pontos de liderança, seja dentro de departamentos, entidades públicas ou privadas, deparar-se com a governança é algo basicamente fundamental. Chega um ponto que você percebe que precisa ter consciência, com um trabalho de responsabilidade social”, comentou ­­­ Karolyne Utomi durante a roda de conversa.



Cases de Maragogi e Fortaleza


O prefeito de Maragogi, Sérgio Lira, abriu o painel da “Governança na Prática – Experiências da Prefeitura de Maragogi e do Instituto de Planejamento de Fortaleza (IPLANFOR) com o Plano Fortaleza 2040” - contando a experiência do município alagoano.


Segundo o secretário municipal Thomas Lira, a região turística cresceu mais que a própria infraestrutura pública, o que ocasionou problemas para a localidade. “Foi assim, nesse cenário, que o nosso prefeito percebeu que era necessário investir em governança e eficiência no serviço público, e estudou, direcionou a nossa prefeitura para esse caminho”, disse ao explicar a complexidade do município.


O vice-prefeito de Fortaleza também participou da mesa de debates e apresentou os programas de governança da capital cearense. “É preciso que todos caminhem na mesma direção”, citando que todas as instituições devem andar alinhadas.




Da Assessoria de Imprensa RGB

(61) 9811-6788 e 98279-6538

imprensa@rgb.org