Buscar

Embaixador da RGB debate políticas públicas e governança no TCE-MT


Foto: Evento TCE


"Sem governança não se tem esperança." Este foi o alerta feito pelo embaixador da Rede Governança Brasil (RGB) e ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, durante a aula magna que inaugurou a capacitação “Políticas Públicas e Governança". O evento, realizado pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), contabiliza mais de 500 visualizações no YouTube e reuniu servidores e autoridades presencialmente e online na última segunda-feira (08/08).


Para o ministro, as instituições devem estar em alerta constante para evitar desvios e fraudes. "Quando se monta uma estrutura nova, você consegue entender tudo o que está acontecendo, por isso temos que ter as regras. Então é fundamental treinar as pessoas, prepará-las bem, avaliar pessoalmente, ter planejamento estratégico, integridade e direcionamento", disse.


Nardes também destacou a união entre as instituições participantes do encontro. "Não vejo outra saída para a nação brasileira a não ser esta. Já criamos indicadores de governança em toda a União, todos os ministérios, todas as estatais e eu estou querendo agora que os estados também o façam. A presença do governador aqui mostra que Mato Grosso já entendeu o recado. Com o interesse do Tribunal de Contas e de Justiça, começamos a juntar as peças para a sociedade ter mais resultado."


Tendo como público-alvo conselheiros e servidores da Corte de Contas, além de procuradores do Ministério Público de Contas (MPC), magistrados e servidores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e representantes dos poderes Executivo e Legislativo do estado, a capacitação foi realizada no auditório da Escola Superior de Contas e transmitida pelo canal do TCE-MT no YouTube.


Na ocasião, o presidente da Corte de Contas, conselheiro José Carlos Novelli, falou sobre o relevante histórico de trabalho do ministro, apontando a convergência da sua proposta de gestão com o conteúdo abordado. "A minha alegria maior é constatar que o Tribunal de Contas já está no caminho certo, que já decidimos pelo caminho da eficiência é da governança pública."


Neste mesmo sentido se pronunciou o governador Mauro Mendes. "A busca da eficiência é algo que, no Brasil, durante muitos anos , ficou relegada. Aqui no Tribunal de Contas percebemos um esforço nessa direção, uma mudança de perspectiva com foco na prevenção, na busca de fazer com que a correta aplicação do dinheiro público aconteça", afirmou.


Vale destacar que a capacitação, que se estende até 30 de setembro, é resultado do Termo de Cooperação firmado entre o TCE-MT e a Escola Superior da Magistratura (Esmagis), sob a direção geral do desembargador Marcos Machado. "É um assunto que interessa às três esferas do poder. Destaco a importância da unidade que criamos com os termos, promovendo assuntos, de convergência institucional", disse o desembargador.


Ao longo da manhã foram discutidos aspectos gerais de políticas públicas e os principais métodos e modelos utilizados na análise das políticas sociais. O objetivo é que os alunos compreendam os conceitos da política criminal e suas variadas formas de manifestação, assim como as lacunas de governança e gestão institucional.


Diante disso, o senador Wellington Fagundes avaliou que, ao investir em qualificação, o TCE-MT ajuda a combater desperdícios e traz agilidade à gestão pública. "Infelizmente ainda temos muito desperdício, seja com obras inacabadas, seja com projetos mal feitos e, principalmente, com a má gestão. Então ao assumir esse perfil orientativo, o Tribunal dará aos gestores melhores condições de trabalho."


Também participaram da aula o conselheiro do TCE-MT, Waldir Teis, o procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), Alisson Alencar, o presidente Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, o presidente da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT), Bruno Rios.


Confira a galeria de fotos aqui


Fonte: Secretaria de Comunicação/TCE-MT