Buscar

Em Webinar, diplomata fala de trajetória na governança pública

Atualizado: Ago 12


Foto 1: Cláudia Buzzi - Advogada paulista e diplomata brasileira

"Só havia percebido que isso tinha dado uma contribuição e importância para a minha vida quando me dei conta que estava trabalhando com governança. Isso foi quando atuei como secretaria de Administração e Relações Exteriores. Na verdade, nós diplomatas sempre fizemos governança. Não só na administração, mas por coordenar equipe e ajudar a enfrentar desafios”.

Foto 2: Vládia Pompeu - Adjunta da Advocacia-Geral da União (AGU)


Foi assim que a advogada paulista e diplomata brasileira, Cláudia Buzzi, integrante da Rede Governança Brasil (RGB), ressaltou a sua experiência no serviço público no webinar do Comitê Mulheres na Governança, da RGB, transmitida na última segunda-feira (09.08) no canal Youtube RGB, conteúdo que permanece disponível na plataforma.

A mediação foi conduzida pelo ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário, e adjunta da Advocacia-Geral da União (AGU), Vládia Pompeu, ambos membros voluntários da RGB.


Foto 3: Wagner Rosário - Ministro da Controladoria Geral da União (CGU).


Buzzi enfatizou também as experiências vividas quando atuou na Argentina.

“Minhas experiências em Bueno Aires, seja na administração, foram muito valiosas para mim, pois percebi as peculiaridades dos outros povos. Quando temos reuniões com estrangeiros, como suíços, alemães e outros... É muito interessante! Na Argentina, por exemplo, onde recebi investimento na educação, algo que você percebe no seu dia a dia, não só com os diplomatas argentinos, mas com outros servidores públicos. Há pessoas de muito bom nível e que temos que identificar aqui no Brasil. Quando entrei no Ministério das Relações Exteriores, em 1986, nós não tínhamos dúvidas que éramos a elite do serviço público. Hoje, isso cresceu em todos ministérios e em todas as áreas do serviço público. Isso é uma grande satisfação para nós”, disse a diplomata.


Para a mediadora Vládia Pompeu, que também coordena o Comitê Mulheres na Governança, a profissionalização do serviço público brasileiro tem sido percebida nos debates sobre governança, reforçando a imagem institucional do país.

Outro destaque foi a atuação dos servidores púbicos na pandemia, momento em que diversas organizações passaram por desafios e precisaram dar resposta à sociedade.

“Eu me senti muito importante em trabalhar no serviço público, especialmente no momento da pandemia. Porque fomos muitos solicitados e pudemos contribuir para a sociedade. Fiquei muito orgulhosa em ser servidora pública e ter esse mecanismo de governança, onde você tem um instrumento de fazer o melhor”, comentou Buzzi.

O ministro Wagner Rosário também enalteceu o gerenciamento do Ministério de Relações Exteriores (MRE) no tocante às questões relativas à vacinação contra a COVID-19, que exigiu um esforço de várias áreas do governo.

Buzzi exemplificou também trabalhos dos colegas do MRE, o nível de excelência do quadro funcional e que a experiência na RGB tem sido bastante gratificante, especialmente no tocante ao grupo de mulheres que atuam na área internacional.

“Foi uma honra conhecer sua história e ter essa troca de experiência. Espero que consigamos ter outra oportunidade de conversar mais vezes dentro da RGB, pois tenho muito a aprender contigo, principalmente sobre a governança pública que permeia entre nós servidores”, agradeceu Vládia Pompeu no encerramento do webinar.


Da Assessoria de Imprensa RGB

Contato:

(61) 9811-6788/ (65) 99619-6788

imprensa@rgb.org.br