Buscar

Comitê de Desenvolvimento Sustentável destaca visibilidade do II Fórum de Governança Ambiental

Atualizado: 15 de jun.


Foto: Postagens da Semana do Meio Ambiente


“O nosso evento do Comitê de Desenvolvimento Sustentável, na área do Fórum, mostra a competência que tivemos através da coordenação do grupo e a capacidade dos nossos especialistas em tratar de um assunto tão novo com diversas informações. Mostra que a Rede Governança Brasil [RGB] e o Comitê de Desenvolvimento Sustentável estão montando uma estrutura e alicerce para implantação de uma política de desenvolvimento sustentável em todo o Brasil, especialmente por meio do comitê. Um belo trabalho, grande, repercussão, empreitada...Já começamos muito bem! ”, disse o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e embaixador da RGB, Augusto Nardes, sobre II Fórum de Governança Ambiental, realizado na semana passada.


O evento, que contou com cerca de 437 visualizações (primeiro dia) e 300 visualizações (segundo dia), além de 221 inscritos, foi promovido pelo o Comitê de Desenvolvimento Sustentável da RGB, com apoio do Instituto Latino-Americano de Governança e Compliance Público (IGCP), e debateu temas relevantes de fontes renováveis como ‘Hidrogênio Verde” e” Eficiência Energética x Crescimento Verde e Biometano”.


“Eu acho que esse fórum foi muito proveitoso. Apesar de ter tido pouco tempo, apenas uma semana para organizar, o número de visualizações no canal do YouTube tem sido consideráveis. Acredito que ainda vá crescer mais. Isso demonstra que o Comitê de Desenvolvimento Sustentável está avançando dentro da Rede Governança Brasil. Esse segundo Fórum foi melhor que o primeiro, e se Deus quiser, o do ano que vem, vai ser preparado com mais cautela, para fazermos uma estrutura bem maior”, comentou Renata Andrade, coordenadora do Comitê de Desenvolvimento Sustentável da RGB.


Ela disse ainda que o diferencial do encontro deste ano foi a participação especial de dois ícones do meio ambiente no Brasil. No caso, o ministro do Meio Ambiente (MME), Joaquim Leite, e da diretora-presidente da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), Veronica Sánchez, com vídeos incentivadores do tema.


Já a integrante do Comitê de Desenvolvimento Sustentável da RGB, Maria Carolina Santos, também fez um balanço do encontro. “Eu gostei muito dos dois webinares. Extremante proveitoso, palestras excelentes e com temas relevantes para o desenvolvimento sustentável no Brasil, que é a proposta do nosso Comitê. Tanto o hidrogênio verde, como o programa de crescimento verde, eu moderei o painel sobre o programa verde biometano”, disse Carolina, e acrescentou sobre a criação de uma conta do Instagram pela comissão, onde foram publicados assuntos voltados com temática de desenvolvimento sustentável.


O presidente do conselho deliberativo da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Mário William Esper, ressaltou que o II Fórum de Governança Ambiental foi muito feliz em tratar de temas das fontes renováveis e disseminação de novas tecnologias. “O Brasil tem se destacado por empregar inovações nessa área de energia… é a questão do momento. A RGB foi muito feliz em promover este fórum que teve uma excelente repercussão. A minha expectativa é que, a partir dessas palestras e seminários, devemos ampliar essa divulgação da necessidade de acelerarmos esse processo de renovação de energia tradicional por essas fontes de energia limpa”, observou.


A coordenadora Renata Andrade também agradeceu o trabalho dos especialistas do Comitê de Desenvolvimento Sustentável: Bruna Costa Carolina Santos, Daniel Cateli, Denise Weinreb, João Paulo de Souza, Leandro Andrade, Luis Goi, Luis Oliveira, Luiz Piauhylino, Maria Fernanda, Paula Candido, Priscila Brustin, Priscila Rohem e Sinara Alves.



Foto: Dia Mundial do Meio Ambiente



Para assistir o II Fórum de Governança Ambiental, clique aqui YouTube da RGB



Assessoria de imprensa da RGB