Buscar

ABNT é recebida pelo embaixador da RGB no TCU


Foto: Encontro - Ricardo Fragoso (Diretor geral da ABNT), Augusto Nardes (Ministro do TCU), Mario William Esper (Presidente da ABNT) e Flávio Feitosa (Presidente da RGB)


A norma técnica que orienta gestão em organizações para evitar atos de suborno foi um dos temas da visita que o presidente da ABNT, Mario William Esper, e o diretor-geral Ricardo Fragoso, fizeram ao Tribunal de Contas da União (TCU), em Brasília, no dia 8 de março. Recebidos pelo embaixador da Rede Governança Brasil (RGB) e ministro do TCU, Augusto Nardes, os dirigentes da ABNT falaram sobre a importância da aplicação da norma e da certificação. Ambos foram presenteados com publicações sobre governança pública, incluindo o livro “Governança e Esperança”, elaborado pelo ministro Nardes e equipe.


A norma ABNT NBR ISO 37001:2017 - Sistemas de gestão antissuborno - Requisitos com orientações para uso especifica requisitos e fornece orientações para estabelecimento, implementação, manutenção, análise crítica e melhoria de um sistema de gestão antissuborno. Uma característica do documento, que está no âmbito da Comissão de Estudo Especial de Governança das Organizações (ABNT/CEE-309) e atua como espelho de comitê da ISO, é que o sistema pode ser independente ou integrado a um sistema de gestão global.


Diferentes atividades nas quais o ato ilícito pode estar presente no cotidiano das organizações são relacionadas na norma, cuja aplicação traz, entre os principais benefícios, a garantia de que fornecedores, subcontratados e agentes estejam comprometidos com a prevenção do suborno.



Fonte: Ascom ABNT